SINTRICOM COBRA MVITUZZO E MZ3 POR DESCUMPRIR A CONVENÇÃO COLETIVA

SINTRICOM COBRA MVITUZZO E MZ3 POR DESCUMPRIR A CONVENÇÃO COLETIVA

A construtora MZ3 está contratando trabalhadores em regime de cooperativa, desrespeitando a Convenção Coletiva vigente que não prevê essa condição. Além disso, a modalidade também seria uma forma encontrada pela empresa para não garantir os direitos trabalhistas e pagamento dos tributos e encargos.

O presidente do Sintricom, Marcelo Rodolfo esteve hoje (30) em três obras da MZ3 (Vila Industrial, avenida Nove de Julho e Parque Industrial) que tem como incorporadora a MVituzzo, para conversar com os trabalhadores sobre o fornecimento do vale alimentação de R$ 348,00 e também sobre a possibilidade da conversão do lanche da tarde em dinheiro. Além de explicar que a contratação via Cooperativa é uma fraude.

A mobilização teve o apoio da Coordenação da CUT Vale do Paraíba, de diretores do Sindicato dos Condutores do Vale do Paraíba e do presidente do Sintricom de Jacareí, Aldeir dos Santos, Barão.


sintrico