𝑺𝒊𝒏𝒅𝒊𝒄𝒂𝒕𝒐𝒔 𝒇𝒐𝒓𝒎𝒂𝒎 𝒇𝒓𝒆𝒏𝒕𝒆 𝒏𝒂𝒄𝒊𝒐𝒏𝒂𝒍 𝒑𝒂𝒓𝒂 𝒄𝒐𝒎𝒃𝒂𝒕𝒆𝒓 𝒐 𝒕𝒓𝒂𝒃𝒂𝒍𝒉𝒐 𝒑𝒓𝒆𝒄á𝒓𝒊𝒐

𝑺𝒊𝒏𝒅𝒊𝒄𝒂𝒕𝒐𝒔 𝒇𝒐𝒓𝒎𝒂𝒎 𝒇𝒓𝒆𝒏𝒕𝒆 𝒏𝒂𝒄𝒊𝒐𝒏𝒂𝒍 𝒑𝒂𝒓𝒂 𝒄𝒐𝒎𝒃𝒂𝒕𝒆𝒓 𝒐 𝒕𝒓𝒂𝒃𝒂𝒍𝒉𝒐 𝒑𝒓𝒆𝒄á𝒓𝒊𝒐

Sintricom de São José dos Campos e Litoral Norte e lideranças sindicais de todo o país aderiram ao Projeto “Combate ao Trabalho Precário no Setor da Construção e Madeira”, realizado pela Conticom em parceria com o Solidarity Center, uma entidade de cooperação sindical internacional sediada nos Estados Unidos que mantém escritório no Brasil.

Dentre seus objetivos, o Projeto pretende formar lideranças para desenvolverem atividades de formação e combate ao trabalho precário em suas respectivas bases.

A aula inaugural, realizada hoje de forma virtual, contou com a exposição do técnico do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos, José Silvestre, e estabeleceu uma frente nacional pela promoção do trabalho decente envolvendo 24 sindicatos filiados à CONTICOM nas regiões sul, sudeste, centro-oeste, norte e nordeste.

“Combater o trabalho precário é uma tarefa diária, mas é preciso identificar os principais problemas e fazer um enfrentamento de forma coordenada”, propôs o presidente da CONTICOM, Claudio da Silva Gomes.

Até o dia 31 de agosto, cada sindicato participante terá a tarefa de informar à #CONTICOM quais são os principais problemas encontrados em sua respectiva base. O levantamento leva em consideração três eixos específicos: contratação, saúde e segurança (SST) e condições de trabalho.

O exercício tem como finalidade realizar um diagnóstico do trabalho precário no setor da construção e madeira já que ficou clara, nesta primeira atividade, a ausência de dados sobre o assunto. A próxima aula será no dia 8 de setembro, também de forma virtual.

Clique e baixe o folder http://www.conticom.org.br/sistema/ck/files/Folder%20Projeto%20Trabalho%20Precario.pdf

Fonte: Redação Conticom


Alessandra Jorge