TRABALHADORES DA EMPRESA ESTRUTURAL APROVAM PAUTA REIVINDICAÇÕES PARA PARADA NA REVAP (FOTO: LUCAS LACAZ)

A proposta de reivindicações para a Parada construída e aprovada hoje (4), em assembléia na Revap com os trabalhadores da Estrutural, pode dobrar o valor pago pela PLR (Participação nos Lucros e Resultados) em 2019 de R$ 1 mil para mais de R$ 2 mil. O teto aprovado foi R$ 5.893,56.
Além disso, o presidente do Sintricom, Marcelo Rodolfo da Costa, que está no cargo desde o dia 29 de agosto, quando a Justiça afastou o ex-presidente Ivam Rodrigues, preso por denuncias de extorsão e ameaças a empresas e trabalhadores, aprovou com os trabalhadores o valor do ajuda de custo mensal de R$ 810,00; e outros itens como verba indenizatória, FGTS, periculosidade. Agora a proposta aprovada com os trabalhadores será apresentada à empresa nos próximos dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *